Discípulas de Carrie

CosmoTag: 5 PERSONAGENS DE LIVROS PARA SER AMIGA

Finalmente! Que sensação maravilhosa poder me sentar e escrever essa postagem, sem me preocupar em estudar para a prova da semana… De fato, muito reconfortante. E, nossa! Preciso contar para vocês… eu cheguei a gravar alguns vídeos ontem, porque eu queria ter feito essa CosmoTag em vídeo e não assim, escrevendo. Contudo, durante a execução da empreitada, uma luz divina chegou até mim e eu tive uma epifania. Uma autodescoberta que chega a ser um alerta. Ana Carolina é uma pessoa das palavras. Não riam. É claro que eu já vinha suspeitando disso há algum tempo, mas nunca ficou tão claro quanto ontem! Dizem as más línguas que: quem lê e escreve bem, fala bem. Estou aqui para discordar de quem disse isso!

Sou a pessoa mais complicada de apresentar trabalhos desde o início dos tempos. E eu não leio menos do que lia na época em que comecei a apresentar trabalhos; não, eu leio MAIS. Até porque, fazendo faculdade de Direito, o que você mais faz da sua vida é ler: jurisprudência, artigos, doutrinas, textão. Mas, mesmo assim, ainda sinto uma enorme dificuldade de falar. Eu achava que se devia ao fato de eu não ser tão apaixonada pelos assuntos, quanto sou por literatura. Contudo, ao gravar os vídeos ontem, durante as minhas justificativas do porquê escolhi cada um dos 5 personagens, percebi que todas ficavam extremamente rasas e não correspondiam nem a metade do que eu realmente sentia por aqueles seres. Ou seja, nem quando o assunto é do meu total conhecimento, diante de uma câmera, eu consigo passar o meu recado. Isso é um problema! Especialmente para a carreira que escolhi! Vamos arrumar isso! Só queria dividir minha epifania com vocês.

Agora, vamos passar para a conversa séria. Este mês, o grupo Discípulas de Carrie trouxe como tema o assunto que eu mais amo no universo: LIVROS! Abril é o mês dos LIVROS. Ontem foi o dia internacional do livro (tenho uma amiga que faz aniversário nessa data: a diva) e eu queria ter postado o vídeo falando sobre meus 5 melhores amigos da literatura, só que, né? Não rolou. Foi a escolha mais difícil que eu já fiz em toda a minha vida! Honestamente, eu acredito que, exceto o número 1 e o número 2, essa lista ainda vai sofrer muitas alterações durante a minha existência e tenho certeza de que entrarei em contradição várias e várias vezes. Pois bem, vamos lá. Começarei de baixo para cima, para dar aquele efeito suspense, porém, isso não significa mais amor ou menos amor:

5 – Leo Valdez (Coleção Heróis do Olimpo de Rick Riordan)

Quando eu penso em Heróis do Olimpo, eu não me lembro de mais nada que não seja Leo Valdez. Criativo, leal, engraçado (MUITOOO), sincero e descolado. Todas essas qualidades unidas em um personagem com um dos passados mais tocantes desenvolvidos pelo Riordan. Esse garoto foi chamado de “outsider”, teve sua lealdade para com o grupo testada e por todos eles, chegou a dar sua vida, conseguindo ainda cumprir sua promessa para a garota de quem gostava. Não só isso, Leo era um menino de visão. A criatividade dele e forças para não se deixar abater, a fim de manter o clima leve dentro de seu grupo, demonstram uma grandeza de espírito muito grande, que o colocam na Lufa Lufa do meu coração e o torna alguém que eu me sentiria honrada em chamar de amigo.

4 – Ysabeau de Clermont (All Souls Trilogy ou Triologia das Almas de Deborah Harkness)

tumblr_nny4t1vwes1rkb9m6o2_r1_1280
Ysabeau é a loirinha, ok? 

Existe um grande mal na humanidade e chama-se: fandoms e obras que não ganham a devida atenção porque são lançadas em meio a outras febres. Esse mal precisa ser combatido e eu espero, do fundo do meu coração, que ao colocar essa personagem aqui, eu esteja contribuindo para retirar esses livros do anonimato.

Deborah Harkness é uma professora de História em Oxford e também autora da trilogia “All Souls” que se inicia com “A Descoberta das Bruxas”, continua em “Sombra da Noite” e termina em “O Livro da Vida”. Foram quase dois anos entre o lançamento de um livro para o outro e a autora que aqui vos fala diz: foi uma época negra para alguém com graves crises nervosas causadas pela ansiedade. A história gira em torno da bruxa Diana Bishop, pois o livro é narrado em primeira pessoa por ela, uma professora de História de Yale que, após um terrível acidente na infância que cominou na morte de seus pais (a culpa não foi dela, mas aconteceu quando ela era criança), abandonou a magia e retirou-a completamente de sua vida, para grande irritação de sua tia e guardiã Sarah Bishop (UMA PESSOA LINDA E QUE SE HOUVESSE MAIS LUGARES NESTA LISTA, ESTARIA AQUI!).

Na obra, também existem as outras raças: vampiros e demônios. No entanto, é tudo muito diferente das outras fantasias, pois a autora utiliza-se de medicina humana para explicar essas espécies. Houve vários momentos em que eu precisei ir na internet para entender o que a assistente do Matthew (o vampiro protagonista, par amoroso da Diana, NADAAVERCOMEDWARD) falava. O mistério, de fato, começa quando Diana, durante uma pesquisa de trabalho na biblioteca de Oxford, encontra um manuscrito: Ashmole 782 que após várias eras, se abre especialmente para ela. Contudo, nossa ingênua criaturinha, num primeiro momento não percebe a grandeza por trás dele e foca apenas em folhear algumas páginas e o devolve para a biblioteca. Esse manuscrito contém a verdade sobre a origem de bruxas, vampiros e demônios; quando ela o devolve, essas outras espécies percebem que esteve nas mãos dela (cada um quer o livro para si, porque cada um acha que sua espécie tem o direito de ser dona do “segredo do universo”) e vários inquéritos começam a ser feitos para Diana…

Matthew é um bioquímico de Oxford e a primeira “criatura” a se envolver com Diana um pouco antes e depois do descobrimento do Ashmole 782. E quando esses vários inquéritos sobre Diana começam a perturbar sua vida cotidiana, por terem começado um laço de amizade bem bacana, ele a leva até Sept-Tours, FRANÇA, para a casa de sua mamãe. QUEM É A MAMÃE MAIS LINDA DESSE UNIVERSO? Ysabeau de Clermont! E, claro, o melhor vampiro da história dos vampiros é o marido dela, mas, nesse primeiro livro, Phillipp já havia morrido… Em todo caso, Ysabeau. Vários motivos me levaram a amá-la e desejá-la como amiga, companheira para degustações de vinho. A primeira foi: ela foi a primeira personagem na minha vivência como leitora a dizer a frase que me marcaria para sempre: Nomes têm poder. Nomes são importantes. Segundo, pelo desenvolvimento dela com a Diana. Primeiramente, você a vê como a mulher completamente badass, sograzilla que ama demais o filhinho (ela literalmente mata uma corça na frente da Diana, numa tentativa de fazê-la entender o que a espera caso se envolva romanticamente com seu filho, também um caçador voraz), mas que aos poucos vai demonstrando ter um coração e carinho enorme por seus entes queridos, depois que ela passa a admirar a fibra de Diana. Eu queria ter metade da atitude e da força dessa mulher. E por acreditar que estar envolta de pessoas assim consegue inspirar alguém a tal, eu escolho Ysabeau de Clermont para ser outra das minhas amigas.

Sério, queridos, leiam essa trilogia, estou sendo completamente sincera, vocês NÃO VÃO SE ARREPENDER NUNCA/JAMAIS!

3 – Elinor Dashwood (Razão e Sensibilidade de Jane Austen)

art-book-cool-cute-favim-com-2716288

Eu poderia passar um dia inteiro falando sobre Jane Austen, então, obviamente que uma das personagens dela estaria nessa lista. Mas, por que não Elizabeth Bennet? Ou a Emma, já que é a minha favorita? Porque eu acredito que amigos devam ser aquelas pessoas que validam a sua personalidade e com quem você possa contar para dizer o velho: “Amiga, pára que tá feio”. E a Elinor, apesar de ser uma protagonista linda, é o melhor best friend material de Austen. A senhorita Dashwood é ponderada, gentil, inteligente, uma querida. E que, ao contrário das duas personagens supracitadas, não era rápida em seus julgamentos; na verdade, Elinor não é uma pessoa julgadora, mas, quando você lhe dá motivos para que ela o despreze, ela fará isso com todas as suas forças. Sendo assim, por exemplo, se eu não gostasse de alguém e a tivesse como inimiga, Elinor não dividiria do meu preconceito e iria me impedir de deixar que ele me levasse a um comportamento, vamos dizer, “imbecil” para com essa pessoa. Ela não deixaria o ódio corromper meu coração ou que eu cometesse uma gafe. Por isso, Elinor para melhor amiga always <3.

2 – Cersei Lannister (As Crônicas de Gelo e Fogo de George R.R. Martin)

 Aqui é o momento em que eu perco follows, todo mundo me julga e me manda para a fogueira. Assim, todo mundo tem o seu Guilty Pleasure. Eu tenho o meu e ele é LANNISTER. Nunca foi segredo para os meus amigos a qual casa de Westeros eu pertenço: tem uma plaquinha com os dizeres deles na parede do meu quarto. A minha taça à la Cersei está preparada para hoje à noite… E assim, eu sei que esta seria uma amizade bastante controversa, uma vez que a nossa maluquinha não confia em ninguém! Provavelmente, fingiria ser minha amiga e tramaria contra mim nas minhas costas. Mas, gente, é só isso que tem em Westeros, então, eu estaria preparada! Cersei não é o melhor ser humano. Não é mesmo. Contudo, enquanto personagem do Martin, é um dos mais esféricos, trabalhados e profundos. A dinâmica da família Lannister como um todo, para mim, é muito interessante e sim, eu nos vejo fazendo vários comentários sarcásticos em meio a várias garrafas de vinho. Seria, com certeza, uma amizade abusiva (de ambos os lados, porque eu costumo pagar na mesma moeda), mas, como eu a ADORO enquanto personagem, não conseguiria ficar longe. Então, sim, defenderei minha amizade com Cersei Lannister até o fim dos tempos.

Algumas pessoas vão dizer que eu trapaceei nesse primeiro lugar. MAS, no regrets.

1 – Os Marotos (Saga Harry Potter da Rainha  J.K. Rowling)

 Na minha nada humilde opinião, a tia Jô ainda tem MUITO trabalho pela frente. Primeiro, porque todos nós PRECISAMOS de uma estória somente dos Marotos; Segundo, das irmãs Black e terceiro, do professor Dumbledore. Se ela não fizer, a minha vida estará incompleta. Ela não vai fazer, então, fiquem avisados: minha vida nunca será completa! Não fossem as fanfics, eu entraria em um estado profundo de depressão e não seria capaz de conjurar um patrono… como o Jorge depois que o Fred morreu. Sim, espero ter partido seus corações agora (mais unfollows). Então, bem, os marotos. Tanto quanto o Trio de Ouro, essa foi a segunda vez que a nossa querida loira maravilha nos presenteou com uma amizade marcante e significativa. Exceto pelo Pedro, eu gostaria de ser amiga de todos esses caras! Imagina a inveja que eu sinto da Marlene, da Dorcas, da Lily… mais da Marlene, porque ao que parece ela e o Sirius tiveram um caso… assim dizem as fanfics…

E por que eu escolho Os Marotos e não o Trio de Ouro, sendo que eu cresci com as aventuras deles? Sinceramente, eu acho que Harry, Ron e Hermione não puderam aproveitar Hogwarts como o James, o Sirius, o Remo e o, aff, Pedro. Eles sim viveram a escola. Montaram aquele mapa e viveram as mil e uma noites pelas passagens secretas do castelo. Pregaram peças no Filch. Eu consigo imaginar nitidamente, o Sirius flertando com a Minerva durante a aula para conseguir aumentar uma nota… O James mandando bilhetinhos anônimos para a Lily durante as aulas de Poções, o Remo lendo perto do Lago Negro e sendo recorrentemente interrompido pelos outros três amigos. Altas conversas produtivas com o Pirraça. Enfim, eles viveram a Hogwarts que nós, enquanto leitores que sonham em estudar nessa escola, gostaríamos de viver! A Hogwarts sem Voldemort, embora a ameaça já existisse, o James não tinha que buscar a Pedra Filosofal. A Hogwarts puramente de amarrações, deveres e deveres de casa, passeios até Hogsmeade, visitas noturnas até a cozinha (qual de nós não precisa do lanchinho da madrugada?)… Mil e uma oportunidades!

Esse primeiro lugar é imutável e eu sempre vou desejar ter sido amiga dos criadores do melhor mapa de todos os tempos!

Bem, este foi o meu top 5 friends! Espero que tenham gostado!

xoxo

sem-tc3adtulo-1-1024x271

Anúncios

5 comentários em “CosmoTag: 5 PERSONAGENS DE LIVROS PARA SER AMIGA

  1. AMAY! Além de criatividade pura para essas escolhas – jamaaais pensaria nos Marotos, embora agora que tu tenha escolhido, achei incrível, adorei que tu trouxe personagens não muito conhecidos. Estou indo para o Google imediatamente atrás da Trilogia das Almas!! Beeeijo!!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Isso!! VÁ E NÃO OLHE PARA TRÁS!!! JURO, não se arrependerá!! E como alguém poderia não pensar nos Marotos?! Eles são a epítome da perfeição da amizade!! Amooo!!! Me avise se começar a ler a All souls trilogy, quero trocar figurinhas!

      Curtir

  2. MEU DEUS YSABEAU DE CLAIRMONT NESSAA LISTA sério, e ainda por cima Philippe, melhor pessoa de sempre!!!!! Primeira vez que eu encontro alguém falando dessa série em português, isso é tão inacreditável, meu deels… Li o primeiro livro aos poucos, ano passado, e ao contrário do que a maioria das críticas fala, ele me interessava mais a cada página, aí BAM, Ysabeau aparece e me faz gostar mais ainda da história! Os outros dois ganhei de Natal e li no começo desse ano em cinco dias porque eu TINHA que saber como continuava a essa história mirabolante, aí do nada, eu leio a última página, percebo que acabou e aí fica aquela sensação de “meu melhor amigo morreu” e eu literalmente chorei litros nas partes do Philippe!! Nem lembro como eu fiquei sabendo do primeiro livro, foi aquela coisa de “estou aqui, tristemente vagando pelo Submarino” e me aparece aquela capa linda do primeiro livro e eu tive que comprar, e se quer saber, foi a melhor coisa que eu já fiz!
    Eu adoraria falar mais desses livros com você, pode me encontrar no meu Tumblr http://unangepredateur.tumblr.com se quiser 😉
    De qualquer forma, LEIAM ESSA SÉRIE, POR FAVOR!!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s