Discípulas de Carrie

CosmoTag: As 5 músicas que não saem da minha Playlist!

Olá, pessoinhas! A minha ideia inicial para o Discípulas de Carrie de Julho era responder a tag a respeito de qual trilha sonora cinematográfica era a minha favorita; aquela que me tornou esse ser humaninho que, antes de tudo em uma produção, analisa a “musiquinha” que está tocando enquanto os protagonistas estão sendo ou muito fodas ou muito dramáticos ou muito apaixonados. Contudo, após muita introspecção, não consegui chegar a uma resposta. Existem milhares de trilhas sonoras, milhares de compositores atuais que engrandeceram as obras da sétima arte com seu trabalho! E não foi esse ou aquele filme que me fizeram entender o quanto a música é parte crucial desse trabalho.

Por muitos anos, a quinta feira de manhã foi meu dia favorito de manhã. Durante os primeiros 7 anos porque, por alguma razão, era o dia em que eu acordava e colocava os CD’s de Andrea Bocelli da minha mãe para tocar pela casa afora; no último nível do volume, estourando janela! A minha mente trabalhava de uma maneira tão complexa que, quando pequena, música para mim só funcionava se eu ouvisse pela manhã, sendo que as quintas feiras continuavam a ser especiais. Daí, com oito anos, indo para os nove, comecei a ter aulas de teclado. Teoria musical: era outro tipo de matemática na minha vida. Prática musical: vinha com grande facilidade e me preenchia com um prazer incalculável. A partir dali, era música de manhã, a tarde e a noite… fosse dos meus amados desenhos disney, fosse dos CD’s da minha mãe, que hoje são meus, fosse as bandas que minha irmã escutava e que os amigos me apresentavam.

Dessa forma, meu gosto se desenvolveu bastante eclético. Indo de Frank Sinatra, passando pelos grandes musicais da Broadway, indo para Bon Jovi e parando em, sei lá, Kate Perry; o que me der na telha, o que meu ouvido pedir naquele momento, eu ouço: meus ouvidos são extremamente geminianos. Eu nunca tive uma playlist… à exceção daquelas que criava para escrever determinado capítulo de uma fanfic. Então, acredito que este post vai acabar se tornando uma grande mentira: completamente obsoleto. Não fosse por essa reviravolta do último minuto! Há uma playlist! E, talvez, vocês fiquem impressionados e completamente maravilhados e apaixonados; tanto quanto eu. Faz pouco mais de um ano que descobri no youtube um canal chamado: PostModern Jukebox. Ele é composto por um grupo que faz arranjos vintage de músicas atuais e nem tão atuais. Banda única; vocais variados, embora eu tenha minhas preferências. Sempre que tenho oportunidade, divido uma performance deles com um grupo de amigos e fico observando a reação deles. Costuma ser positiva. A minha alma de oitenta e oito anos, sonhadora em viver em outros anos: 20, 30, 40… Simplesmente se encontrou nesse canal! Se perdeu dentro dele, se transportando para outra era, outra música. Verdade, verdadeira: festa na minha casa? Só vai tocar PostModern Jukebox. O sonho é esse. Bem, de nada adiante esse discurso se eu não puder comprovar, não é? Então, vou aqui dividir as cinco músicas que me fizeram ser uma fã alucinada por esse pessoal talentoso e visivelmente filhos de Apolo.

13333013_1103241236365340_7159263438347960248_n

xoxo

Anúncios

2 comentários em “CosmoTag: As 5 músicas que não saem da minha Playlist!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s