Discípulas de Carrie

dear january,

É muito bom retornar à responder as tags do Discípulas de Carrie e, para 2017, nossas meninas reimaginaram o conceito do nosso grupinho. Nossos “dear months” serão uma espécie de gazeta para enaltecer todos os meses do ano e aquilo que eles nos trouxeram de melhor para, ao final, fazermos um top 10. Bem, Fevereiro já chegou cheio de promessas, mas vale relembrar que Janeiro não passou em branco de jeito nenhum! Vamos então a minha cartinha de amor para este mês maravilindo de férias… o meu dear january:

*De Cabeceira

Nestas férias, tive o prazer de ler alguns livros pelos quais estivera sedenta durante o fim de semestre – faculdade, faculdade… – dentre eles, houve um que me acompanhou o mês inteiro, por sua profundidade e novecentas páginas. Os Irmãos Karamazóv de Fiódor Dostoiévski. Ano passado tive meu primeiro contato com a escrita deste autor que acabou se tornando um dos meus livros/autores favoritos da vida. Com este exemplar, embora a leitura tenha demorado mais para se concretizar, não foi diferente. O romancista russo de fato merece todo o aplauso, porém, irei me aprofundar num post dedicado apenas para a obra. Aguardem.

*Maratona

Janeiro foi o mês da alegria/tristeza, uma vez que várias das minhas séries amadas voltaram de seus hiatos; o que é sempre bom e ao mesmo tempo ruim – triste – porque essas séries me trazem altos sentimentos. Leia-se lágrimas. Em todo caso, apesar da quarta temporada de Sherlock ter sido marcante, já abri espaço para discutí-la: Até logo, Baker Street. E aliás, assisti os episódios aos poucos, conforme passavam na BBC – TV ONLINE EU TE AMO – o que foge um pouco do proposto. Logo, vou falar de uma série que realmente maratonei até falar chega, ou seja, até acabar. Desventuras em Série da Netflix. O que foi essa adaptação MARAVILHOSA???!!! OBRIGADA NETFLIX!!! Comprei o box dos livros para retomar minha leitura da série… e dos adaptados para a primeira temporada, só não havia lido o Serraria Baixo Astral, agora já estou começando o sétimo livro. Continue o bom trabalho Netflix, sua linda!

*Balde de Pipoca

City of stars… are you shining just for me? City of stars… there’s so much that I can’t see… Não entendeu? Saí do meu blog – brincadeirinha. FICA. VAI TER BOLO! – Enfim, eu fiz várias visitas ao cinema nessas férias. Contudo. La La Land. Não sei nem por onde começar a explicar… O FILME FOI FILMADO EM CINEMASCOPE QUE ME REMETEU AOS MEUS FILMES ANTIGOS FAVORITOS EM WIDESCREEN!! É UM FUCKING MUSICAL COM MAIS DO QUE DANCINHAS BROADWESCAS – NEOLOGISMO, SIM – UMA SENHORA CARTA DE INCENTIVO PARA SONHADORES COMO A MAMMA AQUI! A TRILHA SONORA COM O PIANO E O JAZZ… EU SÓ ESTOU ESCUTANDO A TRILHA DESSE FILME E NÃO VOU PARAR COM O CAPS LOCK. VÃO TER QUE ME ENGOLIR. E O QUANTO EU AMEI O QUÃO PALPAVELMENTE VERDADEIRO FOI AQUELE FINAL!! ARGH!!! PRECISO VER DE NOVO!!! E AS REFERÊNCIAS, ANALOGIAS, AOS CLÁSSICOS… AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

lalaland

*Na Web

Li tudo mesmo o que pude do blog da maravilhosa, encantadora, querida: Nina Spim. Nina é uma. A última resenha dela a respeito da obra Antologia Valquírias: as vozes femininas na literatura fantástica sobre como possuímos várias mulheres talentosíssimas no mundo escrevendo em seus universos fantásticos e não recebendo o devido conhecimento, e se reunindo numa obra para exaltar personagens femininas totalmente fortes ficou ó: um amor. GO READ!

*Arranhei o disco

Volte ao tópico Balde de Pipoca. Obrigada.

SÉRIO. VÃO VER LA LA LAND!!

*J. Child inspired

Gente… vou ficar devendo… eu não cozinho… poderia escrever um livro envolvendo os motivos, mas, se tem uma comida na minha vida que merece ser repetida com certeza é o fricassê de frango da minha mãe.

*Item divo

Balm da Maybelline. Acho que redescobri o significado de amor.

*Próximos Planos

Gente, Fevereiro. No primeiro dia eu já retornei para a minha vidinha linda de estudante de Direito. Obviamente os planos são: sobreviver a mais um semestre exercendo o motto da Lufa-lufa – minha casa mais linda – e trabalhar duro para atingir os resultados necessários, mas ao mesmo tmepo me permitir uns mimos como… Assistir à série sobre Joan Crawford e Bette Davis que estreia em Março. Fazer outra visita ao Teatro Renault para ter outra experiência mágica com o teatro musical… é, acho que isso. O resto a gente vai descobrindo no caminho, certo?

*Newsletter 

Confesso que mal acompanhei o mundo durante este mês, agora que estou ressurgindo das cinzas e… Meu Deus/Zeus/Merlin parem o mundo que eu quero descer… só o que tenho a dizer.

*Inspiração 

Como sempre, a minha inspiração provém dos meus amiguinhos queridos que me aguentam todos os dias. Em Janeiro, aqueles que mais me serviram de inspiração – sem desmerecer a gangue do Twitter, nunca desmerecendo esse povo GOURGEOUS – foram Diih Franco e Cecília Algayer, pois depois de meses com a pena criativa parada, elas me inspiraram a dar início ao meu há muito comentado projeto de fanfic para o meu casal de 2016: Queenie e Jacob de Animais Fantásticos e Onde Habitam. Diih minha revisora, amiga, beta, glamourosa que pega na minha mão e ousa ter ideias comigo, frear algumas maluquices… Cecília que é uma das minhas escritoras favoritas e que super queria ler esse trabalho meu, e que através de suas palavras inspira as minhas. Beijos meninas!

Teve baum esse Janeiro. Vamos ver Fevereiro.

xoxo

13333013_1103241236365340_7159263438347960248_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s